Para proteger seu patrimônio e, principalmente, seus colaboradores, uma empresa deve investir em segurança.

Um ambiente seguro é aquele que controla a entrada e a saída de pessoas, veículos e materiais da sua área de abrangência.

Isso se chama controle de acesso. Você pode saber mais sobre o que é isso, como funciona, quais são os principais tipos e benefícios, lendo este texto.

Existem diversas maneiras de se controlar o acesso nas empresas, inclusive o tradicional “cara-crachá”.

Mas, se você se importa com a experiência dos seus colaboradores e das pessoas que visitam a sua empresa, e se você gostaria que esse processo fosse ágil e econômico… Você precisa conhecer as soluções que as novas tecnologias têm a oferecer:

 

Credenciais virtuais

Quando você sai de casa e esquece o celular… quanto tempo você demora para perceber? Alguns segundos? Ou quem sabe alguns minutos?

E qual é a probabilidade de você voltar para buscá-lo? Imensa, não é?

Agora, e se você esquecesse o crachá da empresa… será que você lembraria dele em algum momento antes de estar na frente da catraca?

Você voltaria para casa para pegá-lo?

Provavelmente, a resposta para as últimas duas perguntas seja: “bem dificilmente” …

Esse é um dos grandes motivos que está levando as organizações a investirem cada vez mais em controle de acesso por credencial virtual.

Para que o acesso seja validado por meio de credencial virtual, o smartphone precisa ser utilizado. Dessa forma, é possível atender aos três fatores da autenticação:

  • O reconhecimento de algo que você tem (o smartphone);
  • O reconhecimento de algo que você sabe (um número de identificação pessoal, por exemplo);
  • O reconhecimento de algo que você é (biometria).

 

Além dessas, as credenciais virtuais também têm outras vantagens, como tornar muito mais ágil e fácil o acesso de colaboradores autorizados.

E, ainda, é possível deixar o ambiente visualmente livre de “barreiras de retenção”. Ou seja, sem catracas, sem portas fechadas… Mas, no caso de o sistema identificar a aproximação de alguém que não possui autorização de entrada, ele gera o bloqueio fechando o acesso físico ou acionando a Central de Monitoramento.

A melhor parte é que a solução das credenciais virtuais é compatível com praticamente qualquer bloqueador físico e requer baixo investimento em hardware ou infraestrutura.

Além disso, a empresa economiza com a confecção e reposição de crachás, cartões e outros tipos de identificação que costumam ser necessários.

As credenciais virtuais geralmente funcionam com Bluetooth ou QR Code:

  • Bluetooth: A tecnologia Bluetooth, que está presente em praticamente qualquer smartphone, notebook ou smartwatch, é capaz de funcionar como um método de identificação, transferindo os dados para o hardware virtualmente. Assim, o acesso a ambientes controlados é liberado.

 

  • QR Code: Com a tecnologia QR Code, um código temporizado é gerado na tela do smartphone ou smartwatch, o que garante a segurança, já que a credencial não pode ser reutilizada por outra pessoa.

 

Biometria

O uso da biometria para controle de acesso é de alta praticidade, assertividade e nível tecnológico.

De forma resumida, podemos dizer que a biometria é a leitura das características físicas e comportamentais dos seres humanos.

Como cada pessoa possui suas próprias características, a leitura biométrica é única para cada indivíduo, razão pela qual esse método é considerado tão seguro.

Veja abaixo alguns exemplos de como a biometria é utilizada em sistemas de controle de acesso e segurança:

  • Impressão digital: A impressão digital é o desenho resultante das elevações da pele das pontas dos dedos. Esse desenho é único para cada indivíduo e dificilmente sofre alteração ao longo da vida.

 

  • Geometria vascular: Esse processo consiste na leitura das veias das mãos. É preciso posicionar a mão aberta perto do leitor, para que ele capte e mapeie todas as veias.

 

  • Identificação pela íris: A íris, a parte colorida do nosso olho, também possui características únicas. O sistema a transforma em um código exclusivo e, por isso, ela pode ser usada para a nossa identificação.

 

  • Reconhecimento por retina: A nossa retina não muda ao longo da vida, por isso, esse método de reconhecimento é muito seguro. Para funcionar, a pessoa precisa olhar fixamente para uma luz, que, por sua vez, deve estar corretamente alinhada.

 

Portaria Virtual

A Portaria Virtual é um sistema que permite o acompanhamento remoto de todas as entradas da empresa, em um único lugar.

Assim, um atendente sozinho consegue monitorar vários ambientes simultaneamente, liberar acessos, identificar e notificar incidentes, além de soar alarmes de emergência.

Uma grande vantagem da Portaria Remota, além da redução de custo com o capital humano, é que o porteiro ou responsável pela segurança não está fisicamente presente na portaria, assim não corre o risco de sofrer coações ou atentados.

 

Tecnologia Contactless e Reconhecimento Facial

O que já era uma tendência conquistou ainda mais espaço com a pandemia do novo coronavírus.

Soluções de controle de acesso que não necessitam de contato físico são importantes porque diminuem o risco de transmissão de doenças contagiosas.

Essa solução, portanto, faz o reconhecimento facial, e assim libera (ou não) o acesso, sem o indivíduo ter a necessidade de tocar em nada.

Além de eliminar o uso de crachás, essa tecnologia ainda pode ser programada para identificar pessoas que não estão usando a máscara de proteção facial e proibir a entrada das mesmas. Também é possível fazer a integração com medidores de temperatura.

 

As novas tecnologias podem tornar a sua empresa ainda mais segura, além de contribuir para a redução de custos!

São várias opções e funcionalidades! Para você saber qual é a ideal para o seu negócio, consulte um especialista.

 

Entre em contato e converse conosco 😉

E-mail: contato@forbiz.com.br
Telefone: (41) 4042-1026
WhatsApp: (41) 98785-2796