Just in Time é, basicamente, fazer tudo o que deve ser feito no momento certo, evitando desperdício de materiais e produtos encalhados no estoque.

Assim, a empresa tem seus custos reduzidos e ganha agilidade e eficiência. Interessante, não é? Então, continue a leitura para entender mais sobre isso!

 

O que é Just in Time?

Just in Time, expressão que pode ser traduzida para o português como “na hora certa”, é uma técnica de produção que se propõe a cumprir o que o próprio nome sugere: tudo deve ser feito no momento certo.

Ou seja, cada etapa do processo produtivo é realizada na hora certa e com a quantidade certa para se passar para a próxima fase, reduzindo a necessidade de estoques e minimizando desperdícios.

Dessa forma, o que “puxa” a cadeia produtiva é o cliente, pois a produção é feita sob demanda. É como se tudo o que fosse produzido já tivesse seu destino final, e a produção acontecesse com o máximo de qualidade possível e dentro do prazo estipulado.

Em poucas palavras, o Just in Time consiste em produzir de acordo com a demanda, utilizando matéria-prima em quantidade suficiente para aquela produção naquele determinado período.

Assim evitam-se custos com estocagem, armazenamento, desperdício de materiais e mercadorias paradas, entre outros.

Como a produção é feita em uma escala menor, a qualidade é ampliada e existe a possibilidade de serem fabricados mais modelos do que em uma produção de larga escala.

Fica mais fácil entender esse conceito se levarmos em consideração como ele surgiu.

 

Como surgiu o Just in Time?

O método Just in Time surgiu no Japão, mais especificamente na Toyota, com o objetivo de reerguer a empresa no pós-guerra.

Partia do princípio de que nada deveria ser produzido se não fosse necessário. Dessa forma, a empresa aguardava a demanda – e o pagamento – dos clientes para, só então, iniciar a produção.

Com isso, a Toyota conseguia produzir utilizando o seu próprio capital, sem precisar recorrer a empréstimos, e tinha um processo de entrega mais rápido, pois esse modo de funcionar otimiza a produção.

Os automóveis fabricados pela empresa japonesa se tornaram extremamente competitivos – tanto quanto os das grandes empresas automobilísticas da época – o que comprovou a eficácia do método.

Então, até hoje o Just in Time é utilizado em organizações em todo o mundo, pois aumenta a produtividade e reduz custos da operação como um todo.

 

Objetivos do Just in Time

O objetivo principal do Just in Time é a máxima redução de desperdícios e prejuízos. Além disso, ele contribui para a melhoria contínua, aumenta a competitividade da empresa, otimiza processos e elimina erros da linha de produção.

Com isso, são evitados gargalos comuns nas indústrias, como superprodução e produtos não conformes, além de reduzir os gastos com transporte e o tempo de fabricação e espera.

 

Como funciona o Just in Time?

O Just in Time funciona com base em cinco elementos básicos: tempo de preparação, colaboradores preparados, layout, qualidade e fornecedores. Entenda mais sobre cada um deles a seguir:

 

  • Tempo de preparação:

    O tempo de preparação é muito importante no Just in Time, porque cada etapa deve produzir o suficiente para que a próxima etapa inicie. Assim, é fundamental não apenas controlar o tempo, como se atentar a possíveis oportunidades de melhoria que possam tornar o processo mais ágil, sem perder a qualidade, é claro.

 

  • Colaboradores preparados:

    Os colaboradores devem ser qualificados e capacitados para lidar com uma produção sob demanda. Afinal, o Just in Time é como se fosse uma filosofia, e deve estar enraizado no modo de agir e pensar dos profissionais.

 

  • Layout:

    O layout é um ponto muito importante no funcionamento do Just in Time. Todo o chão de fábrica deve ser organizado de uma forma que o processo produtivo seja otimizado ao máximo. Para isso, deve-se levar em consideração todas as etapas da produção, desde a entrada da matéria-prima até o produto final.

 

  • Qualidade:

    Ao mesmo tempo em que o Just in Time visa acelerar todo o processo, ele também tem o objetivo de manter – ou aumentar – a qualidade dos produtos, sendo este um fator fundamental para o sucesso da metodologia.

 

  • Fornecedores:

    Como a produção é feita conforme a demanda, os fornecedores precisam entender esse modo de trabalhar, além de cumprir com rapidez às solicitações, para que a empresa possa dar encaminhamento à produção.

 

Kanban e Just in Time

Uma dúvida muito comum que as pessoas têm é se Kanban e Just in Time são a mesma coisa. Então, aí vai a resposta: eles não são a mesma coisa!

No entanto, podemos considerar que o Kanban contribui significativamente para que a empresa consiga alcançar o Just in Time.

Isso porque ele torna visível o andamento da produção. Trata-se de um quadro, físico ou virtual, no qual constam as principais etapas do processo – a fazer, em progresso e finalizado – onde são colocados cartões que ajudam a sinalizar, de forma visual, em qual etapa a produção está e quando uma nova fase pode ser iniciada.

Assim, a empresa tem mais controle sobre a produção, consome apenas os recursos necessários e ganha mais facilidade para alcançar o Just in Time.

 

Pontos de atenção

Nem todas as empresas podem se beneficiar do Just in Time. Por isso, é preciso ter muito cuidado com alguns pontos de atenção, como a falta de previsibilidade da demanda ou grandes oscilações.

Nesses casos, é realmente necessário trabalhar com um estoque, então o conceito Just in Time só atrapalharia.

Além disso, a metodologia funciona melhor quando a organização conta com poucos fornecedores, que conseguem se adaptar facilmente a esse estilo de trabalho e garantem estabilidade no fornecimento dos materiais.

Outro ponto de atenção a ser considerado é que, como os insumos precisam chegar no momento certo, há pouco espaço para se negociar valores ou aguardar por um preço melhor.

Fora isso, o Just in Time traz inúmeros benefícios, que você vai conhecer a seguir!

 

Benefícios do Just in Time

Entre todos os benefícios que uma empresa pode obter ao implantar o Just in Time, alguns merecem destaque especial. São eles:

 

  • Otimização e agilização dos processos:

    Como a produção é feita sob demanda, os processos são mais enxutos e, consequentemente, ágeis. Além disso, devido ao aperfeiçoamento do layout do chão de fábrica e à busca contínua por melhorias, os processos são constantemente otimizados.

 

  • Redução de custos e desperdícios:

    Como os materiais adquiridos serão utilizados, os custos com operações de estoque e inventário são significativamente reduzidos, assim como os recursos e materiais utilizados na produção, já que tudo é feito sob medida. Depois de finalizado, o produto já tem seu destino final, e não fica parado no estoque.

 

  • Colaboradores com funções mais estratégicas:

    Devido à otimização dos processos, os colaboradores podem se dedicar a atividades mais estratégicas, contribuindo, assim, para o aumento da vantagem competitiva da organização.

 

  • Flexibilidade:

    Como a produção é feita em uma escala menor, existe a possibilidade de algum tipo de personalização na entrega, atendendo a expectativas mais individuais dos clientes.

 

  • Qualidade:

    Como todos os processos são controlados, fica mais fácil identificar e eliminar gargalos e falhas, além de buscar pela melhoria contínua, o que contribui para um aumento expressivo da qualidade, tanto na produção quanto nas entregas.

 

Como a tecnologia pode ajudar a implantar o Just in Time?

Para implantar o Just in Time, as indústrias precisam contar com um sistema de gestão empresarial que integre todas as áreas da empresa, tendo acesso direto a informações de outros setores, como estoque e vendas.

Esse sistema permite o planejamento e monitoramento de todo o processo produtivo, contribuindo para tomadas de decisão muito mais embasadas e acertadas, melhorando a produtividade da organização como um todo.

Outro ponto importante para a aplicação do Just in Time é a conexão do chão de fábrica à gestão, garantindo a fluidez de informações entre essas esferas em tempo real.

Para saber mais sobre como a tecnologia pode ajudar a implantar o Just in Time na sua empresa, entre em contato conosco e converse com um dos nossos especialistas, sem compromisso!

Nós queremos ajudar a levar a gestão da sua empresa para o próximo nível, inseri-la no mundo da Indústria 4.0 e conectá-la à transformação digital!

Abra-se ao mundo da inovação, da otimização e da agilidade!

Escolha seu canal de preferência e entre em contato!

E-mail: contato@forbiz.com.br
Telefone: (41) 4042-1026
WhatsApp: (41) 98785-2796