Hoje em dia, as empresas não conseguem sobreviver no mercado competitivo sem uma boa e eficaz Gestão Logística.

O bom conhecimento em logística se faz presente na nossa realidade, afinal de contas, não é suficiente ter materiais, mas é preciso saber como administrá-los.

Por isso, deve-se haver um amplo entendimento das técnicas, treinando e obtendo um conhecimento estratégico e o aplicando no desenvolvimento de projetos e produções.

Saiba mais a seguir:

 

O que é a gestão logística?

A Gestão Logística é um processo que engloba uma ampla gama de atividades fundamentais para planejar, controlar e executar o fluxo de um produto.

Esse processo se dá desde a aquisição da matéria-prima e produção, passando pela sua distribuição até, finalmente, o cliente final.

Tudo focado para apresentar o melhor custo-benefício, tanto para a empresa como para o cliente.

Essa gestão faz parte da cadeia de suprimentos responsável por planejar, implementar e controlar os fluxos e o armazenamento eficiente e efetivo de bens, serviços e informações.

Saiba algumas das ações do comando de gestão logística:

  • Gestão de frotas;
  • Depósito;
  • Circulação de materiais;
  • Recepções;
  • Intervenções terceirizadas.

Além disso, ela compreende toda uma movimentação inbound e outbound.

A movimentação inbound trata do abastecimento, ou seja, diz respeito ao processo de entrega de bens e serviços para dentro de sua empresa, como transporte, armazenagem e entrega.

Por outro lado, a movimentação outbound tem como foco irradiador a empresa, responsabilizando-se principalmente pela maneira como o produto será transportado e distribuído até chegar ao cliente.

 

Entenda o que prejudica suas operações

Um dos reflexos de que a Gestão Logística está indo mal é a elevação dos custos.

Um processo ineficiente gera perda de tempo, dinheiro, mão de obra, materiais, ociosidade de máquinas, além de perda de produtividade, altos índices de erros e necessidade de retrabalho, entre outros.

Dessa forma, temos uma operação mais onerosa do que o necessário.

Visto isso, uma das causas prováveis da má gestão pode ser também a falta de um planejamento adequado.

Aqui, você ou sua empresa passam a ter dificuldades para alcançar as metas que foram estabelecidas.

Outro item que pode prejudicar as operações é a falta de investimento em tecnologia.

Afinal de contas, geramos uma grande quantidade de dados em uma rotina logística.

Sem mencionar a complexidade da execução de algumas atividades, como o cálculo do frete e o planejamento de rotas.

Devido a isso, a gestão dessas ocorrências é fundamental para identificar quaisquer contratempos que possam surgir durante o trabalho.

 

Dicas de como aumentar a produtividade

Investir em tecnologia não é luxo para uma empresa e sim, uma das ações que mais podem beneficiar a Gestão Logística.

Você pode investir na automatização de processos manuais.

Assim, você diminui a probabilidade de erros humanos, evitando custos desnecessários, tornando sua operação ágil e assertiva.

Além disso, as tecnologias podem facilitar a realização de tarefas e isso beneficia diretamente o seu colaborador.

Se capacitado, ele se sentirá mais à vontade para realizar o que foi designado, fator que potencializa sua produtividade.

E vamos combinar que garantir o alinhamento entre o gestor e os colaboradores é crucial para que o planejamento seja seguido.

Então, busque manter uma comunicação ativa com todos os colaboradores de todos os setores da empresa.

Seja qual for o trabalho, é importante que todos estejam alinhados e focados nos mesmos objetivos.

 

Como o WMS pode me ajudar na gestão de controle de estoque e armazenagem

WMS (Warehouse Management System) pode ser compreendido como Sistema de Gestão de Armazenagem.

Refere-se a um software essencial para os processos logísticos e a cadeia de suprimentos de qualquer empresa que lide com vendas.

Ele otimiza o espaço utilizado e facilita a gestão do estoque.

Por meio dele, os dados são passados em tempo real, informando os funcionários e gestores sobre o status do uso das prateleiras.

Assim que coleta os dados, o WMS faz uma sincronização por meio da sua base de dados centralizada e provê relatórios úteis sobre o status de cada mercadoria estocada.

Trata-se, assim, de uma excelente forma de produzir inventários automaticamente, processar pedidos e lidar melhor com devoluções.

Ao entender o que é WMS e como ele funciona, você percebe que um de seus maiores benefícios é aumentar a confiabilidade dos processos da empresa.

E tudo isso porque a Gestão Logística evita prejuízos e diminui a necessidade de retrabalhos.

Além do mais, ele ordena as tarefas, ajuda na tomada de decisões e evita a perda de materiais, contribuindo para a redução dos custos operacionais.

Por meio dele, você diminui o tempo de entrega e troca, pois suas soluções de localização e expedição de mercadorias facilitam os procedimentos, otimizando o tempo de frete.

Com isso, seu estoque fica mais organizado, pois, com o controle mais eficaz de entradas e saídas, dificilmente haverá espaços desperdiçados.

 

Saiba os detalhes sobre seus clientes, fornecedores e produtos

Para tornar sua Gestão Logística mais produtiva, é importante entender os requisitos mínimos de toda a cadeia de suprimentos.

Assim, você determina em quais aspectos a sua organização deverá se adaptar, com base nos principais requisitos de fornecedores, clientes e do próprio produto.

  • Quais são os itens mais procurados e quais são geralmente estacionários?
  •  Existem ações para produtos perecíveis?
  • A infraestrutura requer atenção especial, como controle de umidade e temperatura?
  • Os pedidos e distribuição dos clientes são afetados por fatores sazonais?
  • Qual é o tempo médio de armazenamento de cada item?

 

Monitore o seu desempenho

Muitas empresas acreditam que um bom estoque é suficiente para controlar com eficácia as operações logísticas.

Porém, para detectar possíveis falhas, melhorar processos e aumentar a produtividade, o desempenho das atividades deve ser medido.

Você e sua equipe precisam determinar os principais indicadores do trabalho realizado na cadeia de suprimentos e garantir um entendimento completo do ambiente interno e externo.

Otimize sua gestão logística investindo em tecnologia

Por fim, em sua Gestão Logística, jamais deixe de investir em inovação e tecnologia para melhorar a qualidade e produtividade.

Normalmente, o custo de experimentos e novos sistemas parece caro, mas é preciso observar e entender que isso é fundamental para o futuro da empresa.

As empresas que não se modernizarem e não mantiverem o desenvolvimento oportuno serão eventualmente derrotadas pelos concorrentes.

Entre em contato com os nossos especialistas e saiba como a tecnologia pode aperfeiçoar a sua gestão logística:

E-mail: contato@forbiz.com.br
Telefone: (41) 4042-1026
WhatsApp: (41) 98785-2796