Uma das principais responsabilidades de um RH estratégico é gerar melhores resultados para os negócios – e é exatamente aí que entra a figura do Business Partner: uma função que tem ganhado cada vez mais destaque nas empresas de sucesso.

Esse profissional ganhou popularidade em meados dos anos 80, quando David Ulrich, um dos maiores especialistas em recursos humanos, lançou o livro “Human Resource Champions”, o qual continua sendo referência sobre esse assunto

Mesmo que não seja uma função tão nova no mundo dos negócios, é compreensível que alguns gestores e executivos ainda não possuam uma visão clara do que representa esse especialista em relação aos resultados e lucratividade do seu negócio.

Sendo assim, neste artigo vamos apresentar para você um panorama completo sobre o papel do BP dentro das organizações, o que ele faz e qual sua importância para as empresas. Confira!

 

O que é um Business Partner?

Em tradução literal, Business Partner significa “parceiro de negócios”. De forma geral, podemos considerar que é justamente isso que esses profissionais são das empresas em que atuam.

Os BPs são profissionais mais generalistas, ou seja, possuem conhecimento suficiente para compreender e integrar todos os subsistemas de RH e aplicam esse conhecimento de forma a agregar ainda mais valor à gestão de pessoas.

Além disso, esses profissionais ficam alocados em unidades e/ou áreas do negócio. Ou seja, eles acompanham de perto o dia a dia daquela equipe em questão e sabem tudo sobre o setor: seus objetivos, desafios, gargalos, perfil desejável de colaborador, entre outros inúmeros aspectos.

Além desse entendimento profundo sobre o setor, os BPs também têm amplo conhecimento sobre o negócio de forma geral. Isso somado à expertise em gestão de pessoas faz desse profissional um verdadeiro parceiro do negócio!
Sua atuação é estratégica e orienta o gestor direto da área a tomar as melhores decisões, impactando diretamente no clima, na performance e nos resultados organizacionais.

Os profissionais que trabalham nessa função são responsáveis por exercer uma liderança executiva, com o objetivo de garantir que as estratégias de contratação e retenção de talentos estejam alinhadas com as metas gerais da empresa.

Em suma, os BPs fazem a ponte entre RH, gestores e colaboradores, tenho como principal matéria-prima duas áreas importantíssimas: a inovação e a estratégia de gestão de pessoas para transformação e crescimento do negócio.

 

Business Partner X Gestor de RH: qual a diferença?

Business Partner X Gestor de RH: qual a diferença?

Business Partner X Gestor de RH: qual a diferença?

Embora pareçam cargos semelhantes, o Business Partner não é um gestor de RH, e vice-versa.

Quando se trata das funções diárias, existem algumas diferenças.

O gestor de RH, como o próprio nome já diz, tem responsabilidades de gestão. Ele é responsável por gerenciar o setor de RH da empresa e lidera outros colaboradores.

Um gestor de RH também tem responsabilidades que abrangem coisas mais “burocráticas”, como a administração de benefícios aos funcionários, folha de pagamento e ponto.

Já o Business Partner geralmente não possui essa responsabilidade de gestão.

De modo geral, os BPs de RH são especialistas individuais que apoiam diretamente a parte executiva da empresa. Eles trabalham como se fossem conselheiros ou consultores e são orientados diretamente por resultados e dados.

Eles não estão ligados às funções administrativas, e sim estratégicas.

Os BPs têm relacionamento direto com a alta liderança e gestores. Por exemplo: enquanto um gestor de RH irá trabalhar treinando outros funcionários, o BP irá treinar o gestor da área para lidar com esses funcionários.

 

Qual é a importância do Business Partner para as empresas?

Um Business Partner de sucesso conhece todos os detalhes de como a empresa funciona e o que ela de fato precisa para atingir seus objetivos operacionais e também suas metas de lucratividade. Ao mesmo tempo, esse profissional deve ser especialista em processos de recrutamento, gestão e retenção de funcionários: tudo para que sejam alcançados melhores resultados e produtividade.

Dessa forma, o BP oferece um suporte sem igual para o gestor, pois alinha o conhecimento técnico que este tem, com o seu próprio conhecimento em gestão de pessoas e processos de RH, possibilitando novas perspectivas e soluções.

Além disso, devido ao contato direto com áreas ou unidades de negócios, o Business Partner entende as necessidades específicas daquele setor e têm condições de montar times de alta performance, compostos por profissionais satisfeitos e engajados com a empresa.

 

Responsabilidades de um Business Partner

O Business Partner será um tipo de conselheiro da equipe executiva e de tudo que se refere à gestão de colaboradores. Dessa maneira, esse profissional possui diversas responsabilidades. Como, por exemplo:

 

Estabelecer um bom relacionamento entre colaboradores e gestão

São os BPs que irão conciliar os interesses entre os gestores e os colaboradores da empresa.

Ou seja, antes de tudo, os BPs do RH precisam criar um bom relacionamento com os líderes, como também com todos os gestores do negócio. Dessa forma, eles poderão sincronizar a estratégia de RH com a estratégia geral da empresa, garantindo assim que todas as metas do departamento sejam alcançadas sem problemas.

 

Controlar estrategicamente os processos do RH

É de responsabilidade dos BPs também estarem preparados para antever possíveis problemas em relação à gestão de pessoas.  Com isso, eles poderão executar processos de recrutamento e seleção de maneira ágil e eficiente.

Além disso, esses profissionais possuem a responsabilidade de analisar e relatar como está a produtividade dos funcionários na empresa, além de criar planos de contratação e terceirização, criar estratégias de recrutamento para encontrar os melhores candidatos, fazer planejamentos para reduzir as taxas de evasão de colaboradores e também organizar a política de remuneração e benefícios (remuneração estratégica), entre outras funções.

 

Colaborar com os processos de recrutamento

O Business Partner não somente terá que estar por dentro dos processos de recrutamento da empresa, como também irá auxiliar a equipe de RH para que eles sejam feitos de melhor maneira possível.

É importante que ele saiba quantos novos colaboradores terão que ser contratados ou quais profissionais estão faltando nas equipes.

Em seguida, o BP deverá criar um planejamento conciso juntamente à equipe de gestão de RH para que sejam contratados os melhores talentos.

É função também do BP ficar monitorando constantemente o orçamento destinado à remuneração dos funcionários e propor ajustes, caso seja necessário.

 

Criar estratégias de desenvolvimento da equipe

Uma empresa que não desenvolve os talentos da sua equipe tem poucas chances de crescimento – e disso o BP sabe muito bem!

É tarefa desse profissional garantir que os funcionários recebam toda a capacitação necessária para atuar da melhor forma possível em seus respectivos setores.

Como a relação dos BPs é bem próxima aos CEOs das empresas, eles possuem “a faca e o queijo na mão” para implantar culturas de desenvolvimento da equipe.

Portanto, faz parte das atribuições da sua função criar estratégias para aproveitar os talentos já contratados.

Afinal, acaba sendo muito mais barato em termos de processos e orçamento investir nos funcionários que já estão contratados do que sair por aí recrutando novos.

 

Desenvolver e fortalecer a marca empregadora

O profissional que atua como Business Partner deve ser capaz de criar estratégias para que os próprios funcionários se encantem e se engajem com a marca e, indiretamente, façam uma boa propaganda dela para seus conhecidos.

Com esse fortalecimento de marca promovido pelos próprios colaboradores, o BP não apenas poderá ajudar a atrair e selecionar os melhores talentos para sua empresa, como também poderá criar novas oportunidades de negócio a partir disso.

 

BP: um parceiro estratégico e essencial

A atuação do Business Partner nas empresas está se tornando cada vez mais estratégica, contribuindo inclusive para a vantagem competitiva do negócio.

Devido às mudanças acarretadas pelas novas tecnologias e dinamismo do mercado, torna-se essencial contar com um profissional que concilie empatia e estratégia para elevar o potencial das equipes.

Um Business Partner de RH vai avaliar a gestão de pessoas como um todo, identificando maneiras de aliviar o estresse que geralmente recai sobre times de funcionários, pensando de forma estratégica, focando no que está por vir no futuro e ajudando a integrar a tecnologia ao fluxo de trabalho.

O profissional que abordamos aqui deve estar focado em aprender constantemente e buscar novos tipos de desenvolvimento em gestão de pessoas, aliando esse conhecimento aos resultados do negócio.

Fazendo isso, os BPs ajudam as empresas a se tornarem mais bem-sucedidas no que se propõe a fazer.

Por fim, podemos concluir que o Business Partner é um verdadeiro “especialista em pessoas e de negócios”.

Ter um profissional desses no seu time de RH certamente irá impactar no crescimento e na lucratividade da empresa.