Reconhecimento e valorização profissional: entenda a diferença e a importância.

Como seres humanos, temos a necessidade de sermos reconhecidos pelo que somos e pelo que fazemos. Isso é vital para nossa sobrevivência e desenvolvimento.

É o que defende a teoria da Análise Transacional, criada pelo psiquiatra canadense Eric Berne.

Essa necessidade está presente em todas as relações que uma pessoa constrói ao longo da vida, inclusive dentro do contexto organizacional.

Nesse sentido, para estimular o desenvolvimento do pleno potencial das pessoas e para criar culturas de engajamento e alto desempenho, as empresas precisam reconhecer e valorizar quem faz parte da sua estrutura.

Sim! Reconhecer e valorizar! Entenda a diferença!

Reconhecimento

O reconhecimento é uma forma de mostrar para o colaborador que seus esforços estão sendo notados – e recompensados.

Ele é especialmente importante porque, infelizmente, dentro ou fora das empresas, é muito mais comum criticarmos alguém por algo que não deu certo ou não saiu como esperado, do que elogiarmos quando algo atendeu ou superou às expectativas.

Apenas não criticar não é o mesmo que elogiar.

Voltando às organizações, existem inúmeras maneiras de se reconhecer alguém, como um elogio, uma bonificação, entre tantas outras que veremos a seguir.

Neste momento, é importante entendermos bem o que é reconhecimento: trata-se do ato de reconhecer alguém por um trabalho bem feito ou um objetivo conquistado.

Ou seja, é condicional (tem a ver com algo que a pessoa fez, com seu desempenho), por isso é referente ao passado e é esporádico.

 

Valorização

Por outro lado, a valorização diz respeito ao “reconhecimento do valor inerente à pessoa. Aqui, a questão não é o que ela faz. É seu valor como colega e como ser humano”, afirma o consultor Mike Robbins em um artigo para a Harvard Business Review Brasil.

“De uma forma simples, o reconhecimento refere-se ao que as pessoas fazem; a valorização refere-se a quem as pessoas são”, complementa o autor.

É essencial que essa diferença seja compreendida dentro das organizações, porque mesmo os colaboradores mais seniores podem cometer erros, e projetos importantíssimos podem demorar para ter resultados tangíveis.

Ou seja, se o gestor esperar pelas entregas, que seriam o objeto do reconhecimento, ele vai acabar perdendo excelentes oportunidades de se conectar, engajar – e valorizar – seus colaboradores.

 

Por que o reconhecimento e a valorização são importantes?

 

Retenção de talentos

Quando os colaboradores sentem que seus esforços e resultados são reconhecidos, têm uma percepção de justiça por parte da empresa e, normalmente, esse sentimento vem acompanhado da possibilidade de se alçar novas oportunidades.

Além disso, uma pesquisa da Glassdoor revelou que 53% dos profissionais entrevistados afirmaram que o sentimento de valorização por parte dos gestores faria com que permanecessem mais tempo na empresa.

A retenção de talentos em si traz inúmeras vantagens para a organização, como o Know How adquirido e a redução de turnover, com a consequente diminuição de custos com processos de recrutamento e seleção de novos colaboradores.

 

Engajamento

A busca pela realização profissional é um grande fator de motivação intrínseca para a maioria dos profissionais.

Tal realização está diretamente ligada ao reconhecimento e à valorização que o profissional sente ter por parte de seus gestores e da empresa como um todo.

Ou seja, ambos funcionam como fatores externos que impulsionam a motivação interna. E isso tem muito poder!
A combinação desses fatores é uma das fontes mais ricas de engajamento, que, por sua vez, é um forte combustível para o comprometimento com a organização e com os resultados a serem alcançados.

 

Aumento de produtividade

Como o reconhecimento e a valorização aumentam a motivação e o engajamento, a produtividade também é impactada.

Isso porque há cada vez mais comprometimento com a execução das demandas, o que acarreta em melhoria de qualidade e aumento de velocidade, evitando perdas de prazos e retrabalhos.

 

Melhoria no clima organizacional

Com todos esses benefícios, o clima organizacional é afetado de forma positiva, pois a organização passa a ser vista como uma instituição justa e que confere aos seus colaboradores a oportunidade de crescer e se desenvolver.

Quando o reconhecimento e a valorização estão na cultura da empresa, todos têm o costume de agradecer e elogiar o trabalho e a presença uns dos outros, o que torna o ambiente muito mais leve e aberto à colaboração, à troca de conhecimento e à busca por soluções inovadoras.

 

Dicas para reconhecimento

Existem várias formas de reconhecer os colaboradores. Veja a seguir as que mais se destacam:

 

Feedback

O feedback é uma ferramenta poderosíssima para o reconhecimento dos colaboradores.

Ele serve tanto para enaltecer comportamentos e atitudes que contribuíram positivamente para a organização, quanto para apresentar aspectos que podem ser melhorados na performance do profissional.

Em ambos os casos, ele representa um valioso momento em que alguém dedica o seu tempo para falar sobre uma pessoa com esta pessoa. O tempo é um dos nossos bens mais preciosos.

Quando existe a dedicação desse tempo, significa que essa pessoa tem muita importância. Uma verdadeira prova de reconhecimento!

Organizações que possuem uma gestão de desempenho bem definida, têm uma rotina de feedback bem estruturada, que reforça a importância que as pessoas – e as entregas que elas fazem – têm umas para as outras.

 

Plano de carreira           

É quase impossível que bons profissionais se contentem com a estagnação. Tanto que a falta de perspectiva de crescimento faz com que muitas pessoas optem por trocar de emprego.

Por isso, uma forma muito forte de reconhecer o bom trabalho de alguém é por meio de promoções.

Porém, para que isso seja possível, é preciso que haja uma gestão de carreira muito bem desenhada e previamente apresentada para o colaborador, para que ele saiba quais são as suas oportunidades e necessidades de desenvolvimento.

 

Bônus e premiações

É comum que as empresas demonstrem seu reconhecimento também em forma de uma bonificação financeira, impactando diretamente a folha de pagamento do colaborador.

Algumas empresas também costumam reconhecer por meio de prêmios, como viagens, cursos, entre outros.

 

Pequenos mimos

Nem sempre é possível dar uma promoção, um bônus ou um prêmio. Então, pode-se optar por pequenos mimos, que fazem toda a diferença.

Por exemplo, escrever um bilhetinho, pagar um almoço, comprar um livro, dar um dia de folga remunerado ou, até mesmo, levar o carro do colaborador para lavar!

São gestos simples e relativamente baratos, mas que ajudam o gestor a demonstrar sua gratidão – e o seu reconhecimento – pelo trabalho do colaborador.

 

Comemorações

Envolver a equipe fora do ambiente de trabalho é uma ótima forma de reconhecer um trabalho bem feito!
Pode ser um jantar, um piquenique, um happy hour, e até um passeio na natureza, uma trilha ou cachoeira, por exemplo,

Essas ações fortalecem a conexão entre as pessoas, e são ótimas oportunidades para expor a todos o reconhecimento pelo belo trabalho realizado.

 

Dicas para valorização

Mike Robbins exemplifica algumas formas simples com as quais podemos mostrar para as pessoas que estão à nossa volta o quanto as valorizamos:

 

Escute

Essa é uma das principais formas de demonstrar o quanto valorizamos alguém. Quando um colega ou colaborador desejar conversar, pare o que você está fazendo, coloque seu celular de lado, feche o computador… e escute com atenção!

Diga para as pessoas o que você valoriza nelas

Mas faça isso não após elas terem feito coisas incríveis, ou quando você precisar que entreguem algo. Diga de forma espontânea. Mostre para as pessoas o porquê cada uma, como ser humano, é fundamental para a empresa.

 

Mostre que você se importa

Existe um ditado que diz: “as pessoas não se importam com o quanto você sabe, até que saibam o quanto você se importa”. É importante saber se seus colaboradores estão bem, o que estão enfrentando no momento, e realmente se interessar pela resposta.

 

Incorpore o reconhecimento e a valorização ao seu dia a dia

Independentemente de como você reconheça e valorize seus colaboradores, é essencial saber que ambas as ações são fundamentais para a construção de uma empresa saudável e de alto desempenho.

“O reconhecimento é apropriado e necessário quando conquistado e merecido. A valorização, no entanto, é importante o tempo todo”, conclui Robbins.

Assim, você terá colaboradores – e seres humanos – mais realizados, felizes e comprometidos com o próprio futuro e o da organização!

Todas essas dicas fazem parte do grande leque da gestão de talentos da sua empresa, ou seja, estão, de certa forma, relacionadas ao RH.

Se precisar de ajuda para aumentar a produtividade desse setor ou se quiser descobrir como a automatização de processos pode ser benéfica, por meio de softwares específicos para a área, é só entrar em contato!
Teremos o maior prazer em ajudar você! 😊

 

https://forbiz.com.br/sistema-de-gestao-pessoal-hcm/

E-mail: contato@forbiz.com.br
Telefone: (41) 4042-1026
WhatsApp: (41) 98785-2796